Perfil de produtividade de bolsistas do CNPq em Doenças Infecto-Parasitárias

Resumo

Introdução: Apesar da transição epidemiológica advinda da melhoria das ações preventivas e condições sanitárias, as doenças infecciosas e parasitárias ainda são uma importante causa de morbimortalidade no país, devido à precariedade das condições de saneamento básico, tornando-se, então, umas das principais áreas de interesse da pesquisa brasileira Objetivo: O estudo objetivou analisar o perfil dos pesquisadores bolsistas em produtividade CNPq na especialidade de Doenças Infecciosas e Parasitárias. Metodologia: Trata-se de um estudo quantitativo, transversal, descritivo e correlacional realizado a partir das listas de bolsas de produtividade em vigor no CNPq, entre 2015 e 2020. Os dados foram organizados, tabulados e analisados. Resultados: Foram encontradas 89 bolsas, 38 (42,69%) são ocupadas por mulheres e 51 (57,30%) por homens. Ademais, evidenciou-se que a maioria das bolsas pertencem a categoria 2 e estão concentradas na Região Sudeste. Entretanto, nota-se que os pesquisadores da região Norte obtiveram o maior percentual de bolsistas com mais de 100 publicações Conclusão: Em suma, é importante ressaltar a importância do estudo das doenças infecto-parasitárias e necessidade de incentivo à pesquisa, a fim de colaborar com o desenvolvimento socioeconômico do país.

Biografia do Autor

Wellington Danilo Soares, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes

Doutor em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros. Docente no departamento de Educação Física da Unimontes.

Marina Luiza Resende Abritta, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes

Graduanda em Medicina pela Universidade Estadual de Montes Claros. Montes Claros, Minas Gerais, Brasil.

Shayane Ribeiro Torres, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes

Graduanda em Medicina pela Universidade Estadual de Montes Claros. Montes Claros, Minas Gerais, Brasil.

Helena Luz Ribeiro Santos de Galliaço Prata, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes

Graduanda em Medicina pela Universidade Estadual de Montes Claros. Montes Claros, Minas Gerais, Brasil.

Daniel Antunes Freitas, Universidade Estadual de Montes Claros - Unimontes

Doutor em Ciências da Saúde pela Universidade Estadual de Montes Claros. Docente no departamento de Medicina da Unimontes

Publicado
2021-07-05
Seção
Artigos