Serviço de Atendimento Móvel de Urgência: Golden time desempenhado nos atendimentos obstétricos

Resumo

Objetivou-se analisar o Golden time desempenhado pelo serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU 192) nos atendimentos obstétricos. Trata-se de um estudo documental, descritivo, retrospectivo, com abordagem quantitativa. As informações foram obtidas, a partir das fichas de registro de ocorrências obstétricas atendidas pelo SAMU 192. Os dados foram analisados através do software Statistical Package for the Social Sciences, no qual utilizou-se frequências absolutas, relativas, médias, medianas, amplitudes e teste T-Student. O SAMU 192 alcançou média de 29,1 minutos no Golden time, as características gerais e clínicas das gestantes atendidas revelam que o estado de saúde delas encontravam-se estáveis. O principal destino foi o hospital do município, muitos dos atendimentos não constava a condição de entrada das gestantes ao serviço de referência. O Golden time alcançado, reflete o excelente desempenho direcionado aos chamados obstétricos.

Publicado
2022-04-08
Como Citar
de Aquino OliveiraE. T., de Sousa BaldoinoA. C., Alves da SilvaS., Sebastiana Lima CorreiaA., Pereira FreitasM. B., de Jesus SousaJ. M., Melo da SilvaF., & Alberto RodriguesJ. (2022). Serviço de Atendimento Móvel de Urgência: Golden time desempenhado nos atendimentos obstétricos. REVISTA CEREUS, 14(1), 77-91. Recuperado de http://www.ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/3639
Seção
Artigos