Conhecimento de gestantes sobre toxoplasmose

Resumo

A toxoplasmose é uma zoonose que apresenta risco de gerar agravos anatômicos e funcionais ao feto quando acomete mulheres gestantes. O presente estudo objetivou verificar o conhecimento de gestantes acerca das possíveis causas da toxoplasmose, consequências fetais da infecção na gestação e medidas de prevenção. A pesquisa observacional apresentou abordagem quantitativa e delineamento transversal, sendo convidadas 45 gestantes em consultas de pré-natal, em sete unidades básicas de saúde escolhidas por conveniência, no município de Palmas (TO), a responderem à uma entrevista semiestruturada, entre janeiro e março de 2017. Os resultados apontaram que o conhecimento das gestantes entrevistadas sobre a toxoplasmose foi insuficiente, apontando a importância da atuação dos profissionais de saúde, em especial o enfermeiro, nas ações educativas de maneira contínua, fazendo com que as medidas de prevenção primária sejam efetivas, minimizando os riscos de sequelas fetais da toxoplasmose congênita.

Biografia do Autor

Halanderlan Santana Lima, Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas

Enfermeiro. Especialista em Saúde da Família e Comunidade pela Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas. Pós graduando em Saúde Coletiva pelo Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva. Palmas, TO, Brasil.

Emmanuel Calisto da Costa Brito, Universidade Federal do Tocantins

Enfermeiro. Especialista em Saúde Pública. Mestrando em Ciências da Saúde pelo Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Tocantins. Palmas, TO, Brasil.

Patrícia Rogalski Lima, Universidade Federal do Tocantins

Enfermeira. Especialista em Saúde da Família e Comunidade. Mestranda em Sanidade Animal e Saúde Pública nos trópicos pelo Programa de Pós Graduação em Sanidade Animal e Saúde Pública nos trópicos pela Universidade Federal do Tocantins. Palmas, TO, Brasil.

Caroline Pittelkou Schimidt, Universidade Federal do Tocantins

Enfermeira. Especialista em Enfermagem do Trabalho pelo Centro Goiano de Ensino, Pesquisa e Pós-Graduação. Mestranda em Ciências da Saúde pelo Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Tocantins. Palmas, TO, Brasil.

Emmanuel Calisto da Costa Brito, Universidade Federal do Tocantins

Enfermeiro. Especialista em Saúde Pública. Mestrando em Ciências da Saúde pelo Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Tocantins. Palmas, TO, Brasil.

Jaqueline xavier Matos, Associação Brasileira de Odontologia - Seção Tocantins

Cirurgiã Dentista Odontopediatra. Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal do Tocantins. Docente do curso de Especialização em Odontopediatria da Associação Brasileira de Odontologia – Seção Tocantins. Palmas, TO, Brasil.

 

Poliana Guerino Marson, Universidade Federal do Tocantins

Farmacêutica Bioquímica. Doutora em Biotecnologia pelo Programa de Pós-Graduação BIONORTE UFT-TO. Docente do curso de Medicina e do Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Tocantins. Palmas, TO, Brasil.

Danielle Rosa Evangelista, Universidade Federal do Tocantins

Enfermeira. Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal do Ceará. Docente do curso de Enfermagem e do Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde da Universidade Federal do Tocantins. Palmas, TO, Brasil.

Publicado
2022-04-08
Como Citar
Santana LimaH., Calisto da Costa BritoE., Rogalski LimaP., Pittelkou SchimidtC., Calisto da Costa BritoE., MatosJ. xavier, Guerino MarsonP., & EvangelistaD. R. (2022). Conhecimento de gestantes sobre toxoplasmose. REVISTA CEREUS, 14(1), 125-139. Recuperado de http://www.ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/3647
Seção
Artigos