Saúde mental de enfermeiros atuantes na pandemia de COVID-19

Resumo

Introdução: A pandemia da COVID-19 trouxe novos desafios para os trabalhadores da saúde. As inúmeras preocupações, principalmente com a contaminação, geram impactos psicológicos como consequências diretas. Objetivo: Explorar e estudar a nova realidade dos enfermeiros e seu impacto na saúde mental dos mesmos durante a pandemia. Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada de junho a julho de 2021, utilizando os descritores “Saúde mental”, “Coronavírus”, “Enfermeiros” e “Pandemia”. Foram encontrados 182 artigos no total, resultando em uma amostra final de 8 estudos após a aplicação de todos os critérios de inclusão e exclusão, utilizando as recomendações do método PRISMA. Resultados: Os 8 estudos selecionados foram originados de 6 Países distintos, sendo 7 artigos em língua inglesa e 1 em português. A distribuição dentre as bases de dados consiste em: PubMed (3), MEDLINE (3), Science Direct (1) e LILACS (1). No tocante ao nível de evidência, 4 estudos apresentaram nível e V e 3 artigos nível IV. Conclusão: Reconhece-se a presença de fatores estressores no ambiente de trabalho dos profissionais de saúde, além da sobrecarga de trabalho.

Publicado
2022-04-08
Como Citar
DantasM. C. S., QueirozA. C. de, MirandaA. P. M. de, CarvalhoI. C. P. S. de, SilvaM. de F. C. da, BritoD. T. F. de, & Carvalho M. A. P. de. (2022). Saúde mental de enfermeiros atuantes na pandemia de COVID-19. REVISTA CEREUS, 14(1), 274-287. Recuperado de http://www.ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/3693
Seção
Artigos