Liderança do enfermeiro na Estratégia Saúde da Família: algumas características, percepções e sentimentos

  • Rogério Carvalho de Figueredo Universidade Federal de Goiás
  • Marcos André de Matos Universidade Federal de Goiás - UFG

Resumo

A organização do processo de trabalho na Atenção Primária em Saúde (APS) visa garantir eficiente articulação da equipe de Estratégia Saúde da Família (ESF) para alcance dos melhores resultados das ações e dos serviços oferecidos à comunidade. Para isso, a liderança do enfermeiro consiste num importante papel e que pode ser influenciado por diferentes fatores que perpassam os limites da gestão e assistência. Objetivou-se compreender a percepção do enfermeiro sobre seu papel de líder na ESF, identificando suas principais características, sentimentos e fatores que o influenciam. Estudo do tipo descritivo de abordagem qualitativa, realizado com enfermeiros da ESF de um município do interior do Tocantins – Brasil. Os dados foram coletados através de um instrumento composto por 3 (três) questões abertas e foram analisados na perspectiva da análise crítica e categórica. Foi possível caracterizar a percepção dos enfermeiros considerando os questionamentos “Como o enfermeiro se sente em sua jornada de trabalho na ESF?”, “Em uma autoavaliação, quais são os seus pontos positivos e negativos como enfermeiro na ESF?” e “O enfermeiro se considera um líder para sua equipe da ESF? Por quê?”. Percebeu-se a importância de reconhecer os sentidos do trabalho e os sentimentos dos enfermeiros diante de sua liderança na ESF, visto que isso pode implicar diretamente em sua produtividade individual e coletiva, assim como em sua saúde. Aspectos emocionais e relacionados à saúde mental desses profissionais se destacaram, devido suas nuances entre prazer e descontamento.

Biografia do Autor

Rogério Carvalho de Figueredo, Universidade Federal de Goiás

Doutorando em Enfermagem e Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Goiás (2015), Especialista em Metodologias Ativas de Aprendizagem pela Faculdade Unyleya (2020), Especialista em Micropolítica da Gestão e do Trabalho em Saúde pela Universidade Federal de Fluminense (2017), Especialista em Saúde Pública com ênfase em Saúde Coletiva e da Família pela Faculdade ITOP (2013), graduado em Enfermagem pela Universidade UNIRG (2012). Tem experiência na área de Enfermagem Assistencial em Saúde Pública com ênfase em Saúde Coletiva e da Família. Possui experiência profissional na Secretaria de Estado da Saúde do Tocantins, no Instituto Educacional Santa Catarina - Faculdade Guaraí, Instituições de Pós-graduação e escolas de cursos técnicos. Coordena, organiza e desenvolve ações de formação continuada e permanente em saúde através de apoio, cooperações, treinamentos, consultorias, oficinas e web conferências. Na docência atua seguindo os pressupostos da interdisciplinaridade no ensino, abordando os conteúdos através de metodologias dinâmicas e interativas que propõem a compreensão do aprender. 

Publicado
2022-10-19
Como Citar
Carvalho de FigueredoR., & MatosM. A. de. (2022). Liderança do enfermeiro na Estratégia Saúde da Família: algumas características, percepções e sentimentos. REVISTA CEREUS, 14(3), 150-167. Recuperado de http://www.ojs.unirg.edu.br/index.php/1/article/view/3861
Seção
Artigos